FIVB muda adversários do vôlei brasileiro no Grand Prix

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou na última segunda-feira a tabela de jogos da próxima edição do Grand Prix, mas já promoveu mudanças nesta quinta. As datas e a fórmula de disputa da competição de 2012 foram mantidas. Assim, a novidade foi a troca de confrontos da primeira fase, afetando diretamente a seleção brasileira feminina de vôlei.

AE, Agência Estado

22 de dezembro de 2011 | 18h22

Na primeira rodada do Grand Prix, entre os dias 8 e 10 de junho, o Brasil jogaria inicialmente na República Dominicana, contra as próprias dominicanas, os Estados Unidos e uma seleção que estava indefinida (Quênia ou Taiwan). Agora, porém, o Brasil irá nesse mesmo período para a Polônia, onde enfrentará as donas da casa, a Sérvia e a Itália.

Pela segunda rodada, entre os dias 15 e 17 de junho, não houve mudança da sede, já que o Brasil jogará em casa, em uma cidade ainda indefinida. Mas os adversários da seleção brasileira foram alterados, passando a ser Alemanha, Itália e Estados Unidos.

E, por fim, a programação da seleção brasileira na terceira e última rodada da primeira fase do Grand Prix foi mantida como estava prevista originalmente. Assim, o Brasil jogará de 22 a 24 de junho na China, contra as donas da casa, Cuba e Porto Rico.

Depois dos nove jogos disputados por cada uma das 16 seleções participantes, as cinco melhores colocadas na classificação geral e a anfitriã China avançam para a fase final, que será entre os dias 27 de junho e 1º de julho, na cidade chinesa de Ningbo.

Recordista de títulos no Grand Prix - ganhou oito vezes na história -, a seleção brasileira foi vice-campeã na edição deste ano, ao perder a final para os Estados Unidos. Mas promete buscar novamente o troféu em 2012, entre 8 de junho e 1º de julho.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiGrand Prix

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.