FIVB pode criar regra para limitar jogadores estrangeiros

Medida pode complicar a vida de jogadores brasileiros que disputam campeonatos europeus

24 de outubro de 2007 | 22h42

Assim como acontece no futebol, o vôlei pode aderir à regra de que cada clube tenha apenas três jogadores estrangeiros, de acordo com a proposta apresentada pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB), nesta quarta-feira.   A proposta foi feita a pedido das federações nacionais de vários países da Europa, que reclamam da falta de oportunidade de jovens promessas por causa de jogadores estrangeiros; em sua suma, brasileiros.   Para se ter uma idéia, o Modena, da Itália, possui cinco jogadores brasileiros, sendo eles: Ricardinho, André Heller, André Nascimento, Murilo e Sidão. Se a proposta for aceita, dois destes terão que ficar de fora dos jogos da equipe.

Tudo o que sabemos sobre:
FIVB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.