FIVB
FIVB

Garantida nas finais da Liga das Nações, seleção feminina vence a Itália

A seleção ainda fará mais dois jogos em Ancara, contra Bélgica eTurquia

Estadão, Estadão Conteúdo

18 de junho de 2019 | 12h06

A seleção brasileira feminina de vôlei começou a sua participação na quinta semana da Liga das Nações com vitória. Nesta terça-feira, a equipe dirigida por José Roberto Guimarães derrotou a Itália por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/20 e 25/23, em Ancara, na Turquia.

Nas quatro primeiras semanas da competição, o Brasil havia somado nove vitórias e três derrotas. Com o décimo triunfo, chegou aos 31 pontos somados, já estando garantido na fase final - avançam os cinco primeiros colocados, além da China, por ser a anfitriã da etapa decisiva, em Nanquim, sendo que Itália e Turquia também estão classificadas.

Nesta terça-feira, Zé Roberto escalou o Brasil com Natália, Ana Paula Borgo, Bia, Mara, Macris, Gabi, além da líbero Leia. Além disso, acionou Lorene, Roberta, Amanda, Tainara e Natinha durante o duelo. Gabi fez 13 pontos para o Brasil, três a mais do que Natália. Já a italiana Elena Pietrini foi a principal pontuadora da partida, com 14 acertos.

Em um confronto entre equipes já classificadas às finais da Liga das Nações, a Itália optou por atuar com as reservas, enquanto Zé Roberto rodou bastante o elenco. E após marcar quatro pontos seguidos e virar o placar para 5 a 3, manteve a liderança em todo o primeiro set, vencido por 25 a 21.

A segunda parcial também foi dominado pela seleção, que se aproveitou muito bem dos seis erros cometidos pelas italianas para fechá-la em 25 a 20. O terceiro set parecia seguir no mesmo rumo, tanto que as brasileiras rapidamente abriram 8 a 5. Só que aí as italianas reagiram, viraram o placar e chegaram a liderar o placar por 18 a 15. Mas uma sequência de bons saques de Amanda impulsionou a virada brasileira, que fez 25 a 23 com um ataque de Bia, fechando a partida em 3 a 0.

A seleção ainda fará mais dois jogos em Ancara, os seus últimos no classificatório da Liga das Nações. Nesta quarta-feira, às 10 horas (de Brasília), terá pela frente a Bélgica. Depois, na quinta, duelará com a anfitriã Turquia a partir das 13 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.