Grand Prix de Vôlei vai durar um mês em 2016 e terá uma rodada no Brasil

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) já divulgou a tabela da edição 2016 do Grand Prix, que contará com a participação de 28 equipes femininas. O chamado "Grupo 1", que na prática é a primeira divisão, tem 12 times, entre eles o Brasil, vice-campeão em 2015, derrotado apenas pelos EUA.

Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2015 | 20h45

A competição será jogada durante apenas um mês, entre 10 de junho e 10 de julho, com três rodadas na primeira fase. Cada equipe joga nove vezes e os cinco primeiros colocados participam do pentagonal final, de 6 a 10 de julho, em Bangcoc, na Tailândia.

Das nove sedes da primeira fase, só uma não está definida. O Brasil receberá jogos na primeira semana, entre 10 e 12 de junho, mas a cidade não foi apontada ainda. Itália, Japão e Sérvia virão ao País.

Depois, a seleção viaja até Macau, na China, onde encara Sérvia, Bélgica e China. Na última semana o Brasil atuará em Ancara, na Turquia, contra Itália, Bélgica e Turquia. Assim, a seleção só enfrentará no máximo uma vez (na fase final) os Estados Unidos e a Rússia, duas potências contra quem deve brigar pelo ouro no Rio-2016.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.