Divulgação
Divulgação

Grand Slam de São Paulo pode facilitar títulos de brasileiros no vôlei de praia

Dupla formada por Talita e Taiana lidera ranking feminino: Bruno Schmidt e Pedro Solberg são vices e apostam em torneio no Parque Villa-Lobos para brigar pela liderança

O Estado de S. Paulo

08 de outubro de 2013 | 08h00

SÃO PAULO - O Grand Slam de vôlei de praia começa nesta terça-feira, no Parque Villa-Lobos, em São Paulo, com duas duplas brasileiras com totais condições de ficar com o título do Circuito Mundial de 2013. No feminino, Talita e Taiana são as líderes e, no masculino, Bruno Schmidt e Pedro Solberg são vice-líderes, a 410 pontos dos letões Smedins e Samoilovs. A competição paulistana, por ser um Grand Slam, tem pontuação diferenciada em relação aos outros tipos de etapas - o campeão soma 800 pontos. Assim, os ponteiros, caso vençam, começam a se distanciar dos rivais. Mas, perdendo, podem ver suas colocações ameaçadas. O último Grand Slam do ano será em Xiamen (China) no fim de outubro. As três etapas finais do circuito ocorrerão em Phuket (Tailândia), Vizag (Índia) e Durban (África do Sul), entre novembro e dezembro.

Para os brasileiros que estão firmes na briga pelo título, a expectativa é dupla - pela reta final da competição e, também, por poderem jogar em casa. "Joguei a World Cup Final em Campinas esse ano e pude sentir o gosto de disputar um torneio internacional no Brasil. Ter a torcida o tempo todo a nosso favor é muito bacana", diz Talita. Para Bruno Schmidt, atuar no Brasil é importante na busca por pontos. "Será o penúltimo Grand Slam do ano, o mais importante para nós, que estamos na briga pelo título. A expectativa só aumenta. Temos que usar todas as energias positivas de jogar em casa."

Dez duplas nacionais participam do Grand Slam, que terminará no domingo e tem entrada franca. Na disputa feminina, começam na chave principal (a partir de quarta-feira), além de Talita e Taiana, Maria Clara e Carol (3ª no ranking), Lili e Bárbara Seixas (5ª) e Ágatha e Maria Elisa (7º). Elize Maia e Fernanda Berti, na 34ª posição, disputam o qualifying nesta terça. Dentre os homens, jogam além de Bruno Schmidt e Pedro Solberg, Ricardo e Álvaro Filho (3º colocados), Evandro e Vitor Felipe (12º), Alison e Emanuel (17º) e Thiago e Oscar (65º, que disputarão o qualifying).

As fases eliminatórias começam na sexta-feira, com a disputa das oitavas e das quartas de final. As semifinais serão realizadas no sábado, das 11h às 14h. A disputa do bronze ocorrerá no mesmo dia, às 16h (feminina) e 17h (masculina). As finais serão no domingo, primeiro com as mulheres, às 10 horas, e os homens às 11h.

Tudo o que sabemos sobre:
vôlei de praiaRio 2016vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.