Gustavo pede dispensa e Bernardinho chama Tiago Barth

Ausente da seleção brasileira masculina de vôlei desde a conquista da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, o meio-de-rede Gustavo esteve perto de retornar ao grupo. Mas, apesar de ter sido convocado pelo técnico Bernardinho, ele teve que pedir dispensa devido a uma contratura nas costas.

AE, Agencia Estado

11 de setembro de 2009 | 20h08

Com isso, Tiago Barth, do Sesi, foi chamado para a série de cinco amistosos contra os Estados Unidos entre os dias 22 e 27 de setembro, marcados para as cidades mineiras de Montes Claros e Uberlândia. O jogador integrou o time que conquistou a última Liga Mundial.

Atualmente no Pinheiros/Sky, Gustavo havia anunciado após a Olimpíada que não voltaria mais a defender a seleção brasileira. No entanto, mudou de ideia e afirmou que agora aceitará possíveis futuras convocações de Bernardinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.