Heptacampeões da Liga já chegam pensando no ouro

Cansados, jogadores não querem saber de descanso, pois foco é o Pan-Americano

17 de julho de 2007 | 22h19

Os jogadores da seleção masculina de vôlei chegaram nesta terça-feira ao Brasil, dois dias depois da conquista do sétimo título da Liga Mundial, e, apesar do cansaço multiplicado pelas horas de espera no aeroporto de Katowice, na Polônia, mantêm a disposição de conquistar a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos."O cansaço é grande, mas queremos a medalha de olho. Estamos mentalmente preparados", avisou o levantador e capitão Ricardinho, espantando a modéstia. "Sabemos que merecemos isso por tudo o que já conquistamos." Ele minimizou, no entanto, o sentimento de vingança em relação à Venezuela, que eliminou o Brasil nas semifinais no Pan de Santo Domingo. "Não tem Venezuela entalada na garganta, mas sabemos que o dever não foi cumprido naquela ocasião."O Brasil teve de se contentar com o bronze, único torneio em que não chegou à final desde que Bernardinho assumiu a seleção, em 2001. Naquele ano, a equipe também vinha do título da Liga Mundial. O meio-de-rede Gustavo lembrou que o Brasil não é ouro no Pan desde Caracas, em 1983. "Já faz muito tempo, né? Vamos buscar essa medalha."Por causa de um atraso no vôo de Katowice a Paris, a delegação perdeu a conexão para o Brasil e apenas os jogadores voltaram ao Brasil nesta terça. A comissão técnica permaneceu na capital francesa e tem chegada prevista para a manhã desta quarta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
VôleiPan 2007Liga Mundial de vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.