Herói do Banespa será operado

O ponta Murilo Endress, que virou herói terça-feira na conquista do quinto título estadual masculino de vôlei pelo Banespa, não teve muito tempo para comemorar. Nesta quinta-feira, o jogador passou por uma ressonância magnética que acusou rompimento do menisco lateral direito. Ele será operado sexta-feira, no Hospital das Clínicas."Não estou conseguindo mexer o joelho. Para não doer, minha perna não pode ficar nem dobrada nem esticada, não posso desanimar. Bola para frente", comentou o atacante, logo após o término do exame no Hospital Santa Paula, em São Paulo.O jogador torceu o joelho direito após saltar para o ataque, no final do tie-break em que seu time venceu o Palmeiras, na noite de terça-feira, em Guarulhos. Mesmo assim, pediu para continuar em quadra e disputou um rali apoiando numa perna.Há duas semanas, Murilo, de 20 anos, começou a sentir fisgadas na lateral do joelho e fez um tratamento com fisioterapia. "Foi observado que a região estava inflamada e que eu tinha um cisto no menisco. Fiz o tratamento diariamente, sempre tomando antiinflamatórios para não sentir dores durante treinos e nos jogos. Mesmo assim, doía um pouco, mas algo totalmente suportável, que não me tirou dos jogos", contou ele.Segundo o médico do time, Júlio César Nardelli, a cirurgia retirará um fragmento do menisco lesado, que está solto dentro do joelho. A operação deve durar 40 minutos e será realizada pelo médico do time juntamente com os doutores Marco Amatuzzi e Roberto Motta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.