Ingressos para a final da Superliga masculina estão esgotados

A decisão colocará frente a frente o RJX, do Rio, e o Sada Cruzeiro, de Minas Gerais

O Estado de S. Paulo

08 de abril de 2013 | 23h36

RIO - Após o grande sucesso na final da Superliga Feminina, em que a Unilever garantiu seu oitavo título nacional ao vencer o Sollys/Nestlé por 3 sets a 2, os ingressos da decisão masculina entre Sada Cruzeiro e RJX/Rio foram todos vendidos.

O jogo único será realizado no Ginásio do Maracanãzinho, às 10 horas de domingo. O time mineiro é o atual campeão brasileiro, enquanto a equipe carioca chega à final pela primeira vez– bancada pelo milionário Eike Batista, tem apenas dois anos de existência.

De acordo com a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), os 5.417 ingressos colocados à venda foram comercializados em menos de uma hora, via internet, telefone ou em pontos de venda. Mas nas páginas dos clubes em redes sociais torcedores reclamaram que apenas aqueles que usaram o canal virtual de vendas conseguiram comprar seus ingressos. Para a final feminina, disputada no Ginásio do Ibirapuera, a venda de entradas terminou em dois dias.

O Maracanãzinho estará lotado, mas quase 40% de seus lugares serão ocupados por convidados – ou seja, ingressos não pagos. Da capacidade total de 11.470 pessoas da arena carioca, 4.451 entradas foram destinadas pela CBV como cortesia para convidados (1.687), clubes (1.782) e patrocinadores do torneio e da entidade (982).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.