Jacke provou ser um bom investimento

Passar pela peneira de vôlei do Banespa é um feito para pouquíssimos garotos, mas para Jacke Richard Costa da Silva foi apenas o começo de uma batalha. Há quatro anos, quando tinha 16, ele assumiu a responsabilidade de mudar o destino de sua família quando seu pai deu todo o dinheiro que lhe restava para a viagem até São Paulo. Jacke venceu ? aos 20 anos, está entre os 12 jogadores do time adulto do Banespa e já ganhou a condição de promessa do vôlei brasileiro. Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

24 Março 2002 | 10h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.