Jogadores querem ganhar o ouro para homenagear Ricardinho

Giba revela que a seleção sentiu a falta do levantador na primeira partida do Pan-Americano, contra o Canadá

24 de julho de 2007 | 10h29

Os jogadores da seleção brasileira de vôlei querem homenagear Ricardinho com a conquista do título do Pan. A ausência do jogador, cortado na última hora pelo técnico Bernardinho, foi muito sentida pelos atletas em quadra, na vitória sobre o Canadá por 3 a 0. Veja também: O quadro de medalhasOs detalhes das modalidades em disputa"Bem, é muito difícil jogar sem a companhia dele", revelou Giba, que assumiu a braçadeira de capitão no lugar de Ricardinho. "Se fizermos o mesmo jogo contra Cuba [a partida acontece nesta terça-feira, às 22 horas], sairemos derrotados de quadra. Precisamos ser fortes."   Outro que dedicará o título ao jogador é o meio Gustavo. "O clima ficou muito pesado entre a gente. Até a alegria diminuiu um pouco. Mas se ganharmos a medalha de ouro, vamos dedicá-la a Ricardinho, pois ele também faz parte desse grupo."   Para o lugar de Ricardinho, o técnico Bernardinho convocou seu filho, Bruno. O treinador alegou que cortou o atleta por motivos pessoais - desentendimento. Após o jogo, o técnico não quis dar mais detalhes da saída do atleta e se limitou a dizer que tudo foi resolvido internamente.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiPan 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.