Divulgação/CBV
Divulgação/CBV

Juliana se diz feliz com retorno e fala em recomeço

Jogadora volta a formar parceira com Larissa no vôlei de praia após mais de 200 dias parada

Redação,

17 de março de 2009 | 18h39

Depois de 231 dias afastada do vôlei de praia, Juliana finalmente poderá voltar a atuar ao lado da parceira Larissa nesta semana, quando acontece em Curitiba (PR) a terceira etapa do Circuito Brasileiro.

Veja também:

linkRecuperada, Juliana volta ao vôlei de praia nesta semana

Recuperada de uma lesão no joelho direito que a tirou dos Jogos Olímpicos de Pequim, ela se diz pronta para reatar a dupla campeã pan-americana em 2007, no Rio de Janeiro.

"Será um recomeço para mim. Sei que tudo vai ser diferente de antes. Estou muito feliz por voltar a jogar depois de tanto tempo. Estou clinicamente curada, fiz todas as avaliações e me sinto muito bem. Agora é só voltar a jogar e ser feliz. Ainda estou um pouco confusa em relação às minhas emoções, acho que só vou sentir aquela adrenalina novamente quando vestir o top para disputar nossa primeira partida", declarou a cearense, que ao lado de Larissa sagrou-se tricampeã do Circuito Brasileiro e do Circuito Mundial entre 2005 e 2007.

No tempo em que ficou contundida, Juliana afirmou tem aprendido algumas lições. "Tudo que acontece nas nossas vidas tem algo positivo para tirarmos como lição. Há pessoas que conseguem aprender com os momentos de dificuldade e há outras que simplesmente passam por eles sem tirar nada de bom. Amadureci bastante neste período e acho que a principal lição que fica é de me cobrar menos e jogar mais feliz. Quando estamos no torneio, nos preocupamos tanto com o jogo que não valorizamos este momento tão importante que é quando estamos fazendo o que amamos", assinalou.

O retorno acontecerá em um lugar favorável para a dupla. Jogando com Larissa, Juliana venceu as três últimas edições da etapa paranaense. No ano passado, em Foz do Iguaçu (PR), a dupla atingiu a marca de 50 títulos.

"Acredito muito nesta coisa de um lugar ter vibrações positivas para determinadas pessoas. E o Paraná, para nossa dupla, é um local de ótimas lembranças. Além dos títulos recentes no Estado, Curitiba ficou muito marcada para Larissa e eu por ter sido a primeira cidade onde passamos pelo qualifying no Circuito Banco do Brasil. Mas, o mais importante agora é voltar a jogar sem sentir dores e readquirir ritmo de jogo. Traçar metas e objetivos ficará um pouco mais para frente", destacou.

A etapa paranaense será iniciada na quinta-feira, com o torneio qualifying, que classificará as últimas 16 parcerias para o torneio principal. Na sexta, será realizada a fase classificatória do torneio principal, com as 24 parcerias divididas em seis chaves.

Depois disso, 18 parcerias avançarão para a fase eliminatória da competição, que acontecerá no sábado. As finais e disputas de terceiro lugar serão realizadas no domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.