William Lucas/Inovafoto/CBV
William Lucas/Inovafoto/CBV

Maior pontuador diante da Bulgária, Leal festeja vitória diante da torcida

Cubano naturalizado brasileiro contribuiu para vitória do Brasil em quatro sets em Cuiabá

Redação, Estadão Conteúdo

22 de junho de 2019 | 10h38

Leal foi o maior pontuador na vitória da seleção brasileira masculina de vôlei sobre a Bulgária, por 3 sets a 1, sexta-feira à noite, em Cuiabá, pela primeira rodada da quarta semana da Liga da Nações. O ponteiro fez 11 pontos de ataque, dois de bloqueio e dois de saque.

"Foi muito bom estrear em casa, fazer esse primeiro jogo diante da torcida. Fiquei muito feliz. E começar essa caminhada no Brasil com uma vitória, mais importante ainda. Conquistar esses três pontos foi fundamental para que nosso time continue com essa boa sequência de resultados", disse Leal.

Lucarelli, com 13 pontos, foi outro destaque do time do técnico Renan Dal Zotto. "Sofremos em alguns fundamentos, sabemos que podemos evoluir, e temos essa mentalidade de sempre querer melhorar. A parte boa foi a torcida, que nos incentivou o tempo inteiro, nos ajudou e só temos a agradecer."

O levantador Bruninho também comentou sobre confronto. "O importante é a vitória, o time mostrou coisas boas, evoluímos no saque, onde fomos bastante agressivos e cometemos poucos erros. Esperamos que neste sábado consigamos fazer um bom jogo e mais uma vitória, que é sempre importante", disse o capitão do Brasil.

Bruninho ainda ressaltou o valor da equipe. "Estamos com um grupo muito bacana, hoje temos aqui em Cuiabá 16 jogadores que formam um time homogêneo e essa é a característica do time. Quem entra, ajuda e essa é a força do nosso grupo", concluiu.

Essa foi a nona vitória do Brasil na competição. Na primeira semana, em Katowice, na Polônia, a seleção brasileira venceu Estados Unidos, Austrália e Polônia, na segunda, em Tóquio, no Japão, bateu Irã, Japão e Argentina, e em Portugal, sofreu seu primeiro resultado negativo, para a Sérvia, e venceu a China e Portugal.

A seleção brasileira volta à quadra neste sábado para enfrentar a Alemanha, às 21 horas. No domingo, o adversário será a Rússia, no mesmo horário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.