Marco Aurélio magoado com Virna

Após perder a quinta titular da seleção brasileira de vôlei, o técnico Marco Aurélio Motta levou um balde de água fria. O pedido de dispensa de Virna, líder do grupo, só reforçou a certeza do treinador de que uma suposta "panelinha" foi formada para prejudicá-lo. "Uma jogadora que alega problemas pessoais para pedir dispensa e não dá nenhuma outra explicação é algo muito estranho para mim. Então por que se apresenta? Não consigo entender, isso é muito chato", disse Motta. "Trabalhei cinco anos da minha vida com a Virna, fui eu quem a trouxe de Natal. Conquistamos 15 títulos juntos. Era eu quem assinava o boletim escolar dela. O que está acontecendo não é normal."Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.