Luca Bruno / AP
Luca Bruno / AP

Medalhista olímpica do vôlei dos EUA tem fraturas na face após sofrer ataque em Los Angeles

Kim Glass, prata em Pequim-2008 com a seleção americana, deixava um almoço na última sexta-feira quando homem a atingiu com objeto de metal

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de julho de 2022 | 16h54

Uma ex-jogadora da seleção americana de vôlei foi atacada no centro de Los Angeles na última sexta-feira. Kim Glass, medalhista de prata pelos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, ficou com diversos ossos da face fraturados e com um de seus olhos inchados após um homem acertá-la com um objeto de metal.

Kim estava deixando um almoço na tarde da última sexta-feira quando avistou um homem desconhecido, correndo com algo na mão, do outro lado da rua, quando acertou seu rosto. A atleta acredita ter sido um tubo de metal ou um parafuso. "Ele apenas olhou para mim com um olhar de ódio", disse em vídeos publicados em seu Instagram. "Tudo aconteceu tão rápido, ele literalmente arremessou o objeto em minha direção, nem estava perto de mim.

Alguns civis, que observaram a cena de perto, seguraram o homem após o incidente, até a chegada dos policiais para levá-lo sob custódia. Identificado como sendo Semeon Tesfamariam, o agressor foi autuado por suspeita de agressão com uma mortal, segundo Drake Madison, porta-voz da polícia de Los Angeles.

Semeon segue detido, sem direito à fiança. Ainda não se sabe se o agressor possui um advogado para falar em sua defesa ou quando deverá comparecer à corte para seu julgamento. 

Kim Glass postou vídeos nas redes sociais onde mostra seus ferimentos no olho, nariz e bochechas. Ela disse que acredita que sua visão ficará bem em breve e agradeceu aos médicos pela operação cirúrgica próxima a sua sobrancelha. "Você não deveria ter medo quando anda na rua", afirmou a atleta.

Tudo o que sabemos sobre:
vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.