Wander Roberto / Inovaphoto / CBV
Wander Roberto / Inovaphoto / CBV

Minas se reabilita e Fluminense vence a primeira na Superliga Feminina

Noite também teve jogo da Superliga Masculina, também com vitória do Minas

Leandro Silveira, Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2020 | 01h04

O dia de jogos da Superliga Feminina ficou marcado para reabilitação do Minas e pelo primeiro triunfo do Fluminense na competição. No Paraná, a equipe de Belo Horizonte não teve dificuldades para derrotar o São José dos Pinhais por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/20 e 25/20.

Thaisa marcou 11 pontos pelo Minas, enquanto Pri Daroit fez 10, assim como Danielle Cuttino. Já a maior pontuadora do duelo foi Carla, do São José dos Pinhais, com 13 pontos.

"Foi uma vitória muito importante, apesar de alguns erros. A gente vem trabalhando forte para minimizar os nossos erros. De qualquer forma, foi uma vitória importante para a nossa recuperação e, agora, já é pensar no próximo jogo. A gente sabe da qualidade do time do Rio de Janeiro e vamos nos preparar para enfrentar elas", disse Pri Daroit.

O resultado recupera o Minas, que tinha perdido na sua partida anterior para o Osasco, em casa, por 3 a 0 - depois, o duelo com o Sesi-Bauru foi adiado em função dos vários casos de coronavírus no elenco da equipe do interior paulista. Assim, o time chegou aos 18 pontos, com seis triunfos e uma derrota, na terceira posição. O São José do Pinhais é o nono colocado com seis pontos, frutos de duas vitórias em oito duelos.

Em um duelo entre dois times que ainda não haviam vencido na Superliga Feminina, dois feitos inéditos: um ganhou o primeiro jogo e o outro levou seu primeiro set. Fora de casa, o Fluminense se deu melhor ao derrotar o São Caetano por 3 a 1, com parciais de 25/18, 25/23, 22/25 e 25/17.

Agora com três pontos e um triunfo em seis jogos, o Fluminense ocupa a décima posição. Já o São Caetano é o lanterna, sem pontos e com sete derrotas. "Estou muito feliz com essa vitória. Sabíamos que seria perigoso jogar aqui contra o São Caetano, uma equipe que saca e defende bem. Hoje foi o primeiro jogo da Fê Tomé e é muito importante podermos contar com todas as jogadoras. Foi um resultado importante para a sequência da competição e agora é continuar com o trabalho e pensar jogo por jogo", disse Natasha, que marcou 11 pontos pelo Fluminense.

Em São Paulo, o Curitiba derrotou o Pinheiros por 3 a 1, com parciais de 25/21, 25/18, 23/25 e 27/25. A ponteira Natália Monteiro fez 18 pontos pelo time paulista, sendo a maior pontuadora do duelo, com um a mais do que Ivna Colombo para o time paranaense. Os dois times estão com seis pontos e duas vitórias, sendo que o Curitiba perdeu uma a menos - 4 a 5 - e está à frente na classificação, em sétimo lugar.

SUPERLIGA MASCULINA

Pela Superliga Masculina, no Paraná, o Minas derrotou o Caramuru por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 28/26 e 25/22. Honorato brilhou com 16 pontos, um a menos do que Peron para o time paranaense.

Essa foi a terceira vitória seguida do Minas, temporariamente em terceiro lugar, com 17 pontos, seis vitórias e duas derrotas. Já o Caramuru é o oitavo colocado, com oito pontos e três triunfos em sete duelos.

No outro jogo do dia, em Montes Carlos, o Blumenau bateu o América-MG por 3 a 0, com parciais de 33/31, 33/31 e 25/16. O time catarinense agora é o oitavo colocado com seis pontos e dois triunfos em seis duelos, logo atrás do mineiro, com oito pontos, três vitórias e quatro derrotas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.