Wander Roberto/Inovafoto/CBV
Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Na volta de Thaísa, seleção feminina de vôlei leva virada e perde a 3ª dos EUA

Comandadas do técnico José Roberto Guimarães perderam por 3 sets a 2, com parciais de 25/15, 25/23, 21/25, 23/25 e 15/17

Estadão Conteúdo

16 Agosto 2018 | 23h18

A seleção brasileira feminina de vôlei voltou a ser derrotada pelos Estados Unidos, na noite desta quinta-feira, em Uberaba. Desta vez, as comandadas do técnico José Roberto Guimarães chegaram a abrir 2 a 0, mas levaram a virada e foram derrotadas por 3 sets a 2, com parciais de 25/15, 25/23, 21/25, 23/25 e 15/17, no ginásio do Centro Olímpico da UFTM.

Foi o terceiro amistoso entre as duas equipes. E também foi a terceira vitória da equipe norte-americana, que já havia levado a melhor no primeiro jogo por 3 a 1 e no segundo, por 3 sets a 0.

As duas seleções vão voltar a se encontrar no sábado, às 19h30, desta vez no Rio de Janeiro, no ginásio do Maracanãzinho, no quarto e último amistoso da série. Brasileiras e americanas encaram a sequência de jogos como preparação para o Mundial, que será disputado entre os dias 29 de setembro e 20 de outubro no Japão.

Nesta quinta, Zé Roberto promoveu o retorno de Thaísa às quadras com a camisa da seleção. Ela foi titular pela primeira vez desde que se recuperou de complicada lesão no joelho esquerdo. Ao lado dela, jogou também Dani Lins, outra que faz seu retorno à seleção nesta série de amistosos.

"Ainda tenho muito o que melhorar, estou voltando a pegar ritmo e ainda mais com a dificuldade de enfrentar um time que joga tão rápido. Estou me esforçando bastante, as meninas estão me ajudando e sei que posso fazer mais, mas isso vai acontecer gradativamente, com os treinamentos. Tem que ter um pouco de paciência. Estou tentando fazer o meu melhor e na hora certa vai dar tudo certo", afirmou Thaísa.

As demais titulares foram Tandara, Adenízia, Rosamaria, Gabi e a líbero Gabiru. No decorrer da partida, Zé Roberto deu chances a Amanda, Fernanda Tomé, Roberta, Carol, como vem fazendo nesta sequência de jogos. Gabi foi o principal destaque brasileiro, com 23 pontos.

Ao fim do jogo, Zé Roberto lamentou mais um revés, mas viu pontos positivos na atuação da seleção. "Conseguimos fazer um primeiro set muito bom. O segundo já emperrou um pouco e depois o pior foi o quarto. Faltou concentração e regularidade e paramos de agredir no saque. Depois, saímos muito atrás no tie-break, recuperamos, fizemos 14 a 14 e temos que ressaltar que foi bom. Nós precisávamos de um jogo como esse, de um 3 a 2", declarou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.