Divulgação/ Eczacibasi Vitra
Divulgação/ Eczacibasi Vitra

Natália se despede de time turco e deve ir para o vôlei da Rússia

Campeã olímpica em Londres-2012 publicou um texto de despedida do Eczacibasi Vitra em seu perfil no Instagram

Redação, Estadao Conteudo

13 de maio de 2020 | 18h20

A ponteira Natália oficializou nesta quinta-feira a sua saída do vôlei da Turquia. A campeã olímpica em Londres-2012 publicou um texto de despedida do Eczacibasi Vitra em seu perfil no Instagram e agora está livre para confirmar a sua ida para a Rússia.

"Essa é a parte mais difícil da temporada. Só tenho a agradecer a esse grande clube por ter me recebido e cuidado de mim tão bem! Clube com pessoas maravilhosas, que vou levar cada uma para sempre no meu coração! E para as meninas, obrigada por cada batalha que lutamos juntas! Foi um prazer jogar e dividir todos aqueles bons e difíceis momentos com vocês!", escreveu Natália.

Natália atuou na temporada anterior pelo Minas, tendo conquistado o seu segundo título da Superliga Feminina. A ponteira também possui quatro títulos do Grand Prix pela seleção brasileira e deverá atuar na temporada que antecederá a Olimpíada de Tóquio pelo russo Dínamo Moscou, de acordo com declarações recentes de Vladimir Zinichev, diretor geral do clube.

Segundo o dirigente, a ponteira brasileira, de 31 anos, é um dos quatro reforços da equipe moscovita para a temporada 2020/2021 do vôlei. Além de Natália, ele afirmou ter acertado as chegadas da líbero Maria Bibina, da oposto bielorrusa Hanna Klimets e da ponta/oposta Sofia Kuznetsova.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiNatália Pereira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.