Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

No grupo do Brasil, China vira sobre a Holanda na fase final da Liga das Nações

Atuando em casa, equipe faz 3 sets a 1 e larga na frente no Grupo A, sediado na cidade de Nanquim

Estadão Conteúdo

27 Junho 2018 | 11h34

Em casa, na cidade de Nanquim, a seleção chinesa feminina de vôlei venceu nesta quarta-feira a Holanda de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 20/25, 25/21, 25/22 e 25/18, e largou na frente no Grupo A da fase final da Liga das Nações. A chave é a mesma do Brasil, que estreia na competição nesta quinta-feira, às 8h15 (de Brasília), também contra a Holanda.

+ Tandara festeja volta a local de título e pede cautela ao Brasil

O destaque do duelo que abriu a disputa na chave brasileira foi Zhu Ting, que anotou 35 pontos. Também se destacaram pelas atuais campeãs olímpicas Yuan Xinyue e Gong Xiangyu, com dez pontos cada. As chinesas, no entanto, não tiveram vida fácil no início e perderam o primeiro set.

As holandesas começaram sem dar chances para as donas da casa na tentativa de alcançar a segunda vitória consecutiva sobre a rival. Pela fase de grupos, a seleção europeia venceu a asiática por 3 sets a 1. Mas depois de um bom começo, a equipe da Holanda não conseguiu mais segurar Zhu Ting, que foi arrasadora. As chinesas agora têm um dia de descanso e voltam à quadra na sexta-feira, às 9h12 (de Brasília) para enfrentar a seleção brasileira.

Pelo Grupo B, a seleção norte-americana também venceu de virada sua partida de estreia. A equipe dos Estados Unidos, no entanto, teve mais dificuldades contra a Turquia e conseguiu o triunfo por 3 sets a 2, com parciais de 17/25, 21/25, 25/21, 25/15, e 15/11. A Sérvia completa esta chave e entra em quadra nesta quinta-feira, às 4h (de Brasília), para enfrentar a Turquia.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.