Novas regras internacionais serão implantadas na Superliga

Toque na rede será permitido em alguns casos e atletas poderão colocar parte do corpo na quadra adversária

Redação,

23 de outubro de 2008 | 21h35

A Comissão Brasileira de Arbitragem de Voleibol (COBRAV) adotará, a partir da Superliga 2008/2009, as novas regras para o voleibol mundial, aprovadas no 31.° Congresso da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), que aconteceu em Dubai, em junho. A 15.ª edição da competição começará no próximo dia 29 de outubro e terá 24 equipes na disputa - 12 masculinas e 12 femininas."Como a Superliga começa em 2008 e termina no próximo ano, resolvemos adiantar as alterações para que nossos jogadores e técnicos se adaptem às novas regras. Assim, quando nossas seleções entrarem em quadra, os jogadores já conhecerão as mudanças", explica Josebel Palmerim, coordenador da COBRAV.A primeira mudança será com relação à invasão da linha central. Será permitido invadir a quadra adversária com qualquer parte do corpo, desde que uma parte dos pés do jogador esteja sobre a linha central ou dentro da quadra de sua equipe. Não será permitida a invasão caso haja contato direto com o adversário por baixo da rede.Outra modificação será com relação ao toque na rede. Anteriormente, qualquer movimento que o jogador fizesse e tocasse na rede com qualquer parte do corpo era considerado falta. Agora, só será falta quando o jogador tocar no bordo superior ou na antena na parte de cima do bordo superior.Os atletas poderão tocar na malha da rede desde que esta ação não seja uma vantagem para a sua equipe, não atrapalhe o jogo do adversário, e ele não se apóie na rede para realizar o movimento.

Tudo o que sabemos sobre:
Superligavôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.