Divulgação
Divulgação

Oposto Wallace recebe alta após cirurgia para retirada de hérnia

Jogador estava com problema desde a disputa da Liga Mundial

Estadão Conteúdo

04 de agosto de 2015 | 16h12

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) informou nesta terça-feira que, mais cedo, o oposto Wallace recebeu alta hospitalar após ter sido operado na segunda-feira. O jogador, que defende o Sada/Cruzeiro e a seleção brasileira, precisou ir à mesa de cirurgia para a retirada de uma hérnia de disco.

"Eu vinha sentindo esse incômodo desde a semana que fomos para o Rio, para as finais da Liga Mundial. Fizemos os exames e tinha uma pequena hérnia, que é comum em jogadores profissionais. O problema é que a dor não passou, mesmo tratando na fisioterapia. E, depois de uma semana, ainda aumentou", contou Wallace.

De acordo com a CBV, a operação foi marcada assim que o médico (Cristiano Menezes) recebeu os resultados de uma ressonância magnética feita na semana passada. O mesmo profissional realizou a cirurgia, segunda-feira, em Belo Horizonte.

"Ainda é difícil saber sobre prazo de volta, já que depende de como vai ser a minha recuperação. Nos primeiros 15 dias, sei que vou ficar sem fazer nada, e depois começa o trabalho de fisioterapia. Vamos torcer, mas o mais importante é que estou bem neste momento", disse Wallace. A seleção, sem ele, segue treinando em Saquarema (RJ), sem previsão de jogos.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleicirurgiawallace

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.