Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Osasco bate Bergamo e vai à final do Mundial de Clubes feminino de vôlei

Time brasileiro supera com facilidade a equipe da Itália por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/20 e 25/21

Agência Estado

20 de dezembro de 2010 | 13h58

O Sollys/Osasco está na final do Mundial de Clubes de vôlei, realizado em Doha, no Catar. Nesta segunda-feira, a equipe brasileira avançou na competição ao derrotar com facilidade o Bergamo, da Itália, bicampeão da Liga dos Campeões da Europa, por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/20 e 25/21, em 1 hora e 22 minutos.

Veja também:

linkTécnico elogia Osasco e festeja vaga na decisão

A falta de resistência encontrada pelo Osasco, autal campeão sul-americano, surpreendeu, já que a equipe italiana havia avançado às semifinais com duas vitórias e contava com o retorno de Francesa Piccinini. Mas o Bergamo sofreu com o bloqueio da equipe brasileira, que fez 14 pontos desse modo, sendo oito apenas com Adenízia.

Com uma atuação consistente, o Osasco dominou os três sets e esteve à frente do placar em praticamente todos os momentos do jogo. Assim, triunfou sem sustos. A equipe brasileira teve Natália como maior pontuadora, com 15 acertos e Adenízia fez outros 14. Serena Ortolani foi a principal jogadora do Bergamo, com 13 pontos.

Na final, o Osasco vai enfrentar o Fenerbahçe, da Turquia. Na outra semifinal, o time de José Roberto Guimarães e Fofão venceu o Mirador, da República Dominicana, por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/18 e 25/18. Na primeira fase, as duas equipes se enfrentaram e o time turco venceu o brasileiro por 3 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.