Osasco bate Unilever e vence o Sul-Americano de vôlei

Na decisão em Lima, no Peru, equipe paulista supera as cariocas por 3 sets a 1, com 25/19, 25/17, 12/25 e 25/18

20 Outubro 2009 | 14h06

O Sollys/Osasco conquistou em Lima, no Peru, o Campeonato sul-americano feminino de clubes de vôlei. Na decisão diante do Unilever, a vitória foi por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 25/17, 12/25 e 25/18.

A equipe paulista garantiu sua primeira taça com o novo patrocinador. O confronto decisivo chegou a ser paralisado no primeiro set por falta de energia no Ginásio Municipalidad de Miraflores.

Atual vice-campeão da Superliga, o Osasco entrou em quadra com quatro campeãs olímpicas em Pequim: Carol Albuquerque, Jaqueline, Sassá e Thaísa. Natália, Camila Brait e Adenízia, que estiveram no grupo da seleção brasileira campeão do Grand Prix 2009, também jogaram.

Já o Unilever, atual vencedor da Superliga, não contou com a meio-de-rede Fabiana, que ainda se recupera de lesão. Por isso, o time jogou apenas um uma medalhista de ouro, a líbero Fabi, mas contou com quatro vencedoras do Grand Prix: Dani Lins, Joycinha, Regiane e Carol Gattaz.

O confronto foi o primeiro entre as duas principais potências do voleibol feminino nacional na temporada 2009/10. E o técnico Luizomar de Moura levou a melhor sobre Bernardinho, que acompanhou o jogo como assistente técnico e deixou o grupo ser comandado por Hélio Griner.

No Sul-americano, o terceiro lugar ficou com o Boca Juniors, da Argentina, que passou pelo Regatas Lima, do Peru, por 3 sets a 2, com parciais de 25/23, 17/25, 25/21, 19/25 e 15/10.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.