Osasco e Rexona abrem decisão da Superliga feminina

Depois de cinco meses de competição, a Superliga feminina de vôlei entra neste sábado na reta final. Como já era esperado, Finasa/Osasco e Rexona/Ades brigarão pelo título em uma série melhor-de-cinco jogos. A primeira partida, em Osasco, será às 13 horas, com transmissão da SporTV.Pelo Osasco, Paulo Coco fará sua primeira final como técnico - trabalha desde 2001 no time, mas sempre como auxiliar de José Roberto Guimarães. "Muda muita coisa do auxiliar para o técnico, o peso é diferente. A responsabilidade é muito maior porque a decisão, querendo ou não, é sempre do técnico", admitiu o treinador.Como na temporada passada, o Rexona/Ades montou um time fortíssimo e chegou como favorito à final - no ano passado, o Finasa/Osasco surpreendeu e conquistou o tricampeonato. Nesta Superliga, o time do técnico Bernardinho não perdeu um jogo sequer. "Neste ano, a equipe é diferente, mas o adversário é o mesmo. Não há favoritismo, só fomos mais consistentes durante o campeonato", avisa ele.Os dois finalistas estão cheios de jogadoras da seleção brasileira. Osasco conta com Carolina, Carol Gattaz, Mari e Valeskinha - Paula Pequeno está parada por causa da gravidez. Já o grupo carioca tem Fabiana, Sassá, Fabi, Renatinha e Jaqueline.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.