Osasco sofre, mas vai à semifinal da Superliga feminina

Finaza volta a derrotar o Medley/Banespa por 3 a 1 e agora enfrenta Brusque/Brasil Telecom ou Fiat/Minas

Redação

29 de março de 2008 | 13h38

Com dificuldades ainda superiores às encontradas no primeiro encontro, o Finasa/Osasco voltou a derrotar o Medley/Banespa por 3 a 1 (25/14, 20/25, 25/20 e 25/16) e garantiu, em casa, uma vaga nas semifinais da Superliga Feminina de Vôlei, na manhã deste sábado. Na próxima fase, as meninas do técnico Luizomar de Moura enfrentarão as vencedoras do confronto entre Brusque/Brasil Telecom x Fiat/Minas.   Foi uma partida na qual o resultado final não traduziu o equilíbrio registrado na maior parte do tempo. "Vencemos um time que deu muito trabalho e que tem muito a crescer daqui para frente", elogiou a levantadora Carol Albuquerque, do Finasa/Osasco.   Na noite desta sexta-feira, o Rexona/Ades venceu o Araçatuba por 3 sets a 0 e também garantiu uma vaga para às semifinais da competição. Com a vitória, o time do técnico Bernardinho e espera o vencedor do confronto entre São Caetano e Pinheiros para saber o último adversário antes da final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.