Osasco tira invencibilidade do Rexona na Superliga feminina

Acabou a invencibilidade do Rexona-Ades na Superliga feminina de vôlei. Nesta terça-feira, a equipe carioca foi derrotada por 3 sets a 2 pelo Finasa/Osasco em pleno Rio de Janeiro. As parciais foram de 25/23, 23/25, 25/19, 16/25 e 15/11.Foi a primeira derrota em 14 jogos do Rexona, comandado por Bernardinho, que, no entanto, segue na liderança da competição, com 27 pontos, dois a mais que o próprio Osasco, que somou sua 12.ª vitória em 14 partidas.O técnico do Osasco, Luizomar de Moura, se emocionou com o resultado. "Acho que a superação foi o nosso ponto alto. É um trabalho novo, e o grupo está determinado. Buscamos corrigir as falhas no segundo turno", disse ao Sportv.O duelo entre Rexona e Osasco é o principal clássico do vôlei feminino no país. As equipes decidiram as duas últimas edições da competição, com vitória das paulistas em 2005 e das cariocas no ano passado.Em Belo Horizonte, o Fiat/Minas bateu o Cimed/Macaé por 3 sets a 0 e tirou-lhe o terceiro lugar. Com o resultado, o time da casa chegou aos 22 pontos (8 vitórias e 6 derrotas), contra 21 da equipe carioca (7 vitórias e 7 derrotas).Confira outros resultados desta terça:Pinheiros/Blue Life 3 x 0 Vôlei Futuro São Caetano/Mon Bijou 3 x 1 Brasil Telecom

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.