Osasco tropeça e Pinheiros assume ponta da Superliga

O Pinheiros/Mackenzie assumiu a liderança isolada da Superliga feminina de vôlei nesta quinta-feira, ao derrotar Mackenzie/Newton Paiva por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/21 e 25/22, em São Paulo. O destaque do jogo foi Fernanda Rodrigues, que somou 16 pontos e liderou as donas da casa.

AE, Agencia Estado

26 de fevereiro de 2010 | 00h10

Com a vitória, a equipe paulista superou o líder Sollys/Osasco, que tropeçou na rodada, e assumiu a ponta da tabela. Soma agora 32 pontos, um a mais que o Osasco, que foi derrotado pelo Usiminas/Minas por 3 sets a 0, parciais de 29/27, 26/24 e 30/28, diante de sua torcida. As mineiras ocupam a quarta colocação, com 29.

A terceira posição segue com o Unilever, que foi até São Bernardo vencer as anfitriãs por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/20 e 25/18. A ponteira Érika foi a maior pontuadora da partida, com 14 pontos. A equipe de Bernardinho tem 29 pontos, mas apresenta um jogo a menos que as líderes da competição.

Ao final da partida, a líbero Fabi comemorou mais vitória da equipe carioca, que teve uma queda de rendimento nas rodadas anteriores - perdeu três dos seis últimos jogos. "Na última semana, além de treinos fortes, conversamos muito. Estamos tentando voltar a ganhar confiança. E sabemos que precisamos primeiro jogar bem para, depois, pensar nos adversários taticamente", revelou.

Érika, por sua vez, festejou a recuperação da equipe. "Foi um bom jogo. O time estava mais confiante e mostrou que está crescendo gradativamente", declarou. "Conseguimos manter o ritmo contra o São Bernardo, apesar de ainda errar um pouco no segundo set", ponderou a meio-de-rede Fabiana.

O Blausiegel/São Caetano fez a lição de casa e continuou na briga pelas primeiras posições na tabela. Nesta quinta, a equipe paulista venceu o Macaé Sports por 3 sets a 0, com parciais de 25/8, 25/9 e 25/18, no Ginásio Lauro Gomes. O São Caetano soma 28 pontos, na quinta colocação.

"Tivemos atenção ponto a ponto e também taticamente, tanto que nos dois primeiros sets a bola quase que não caiu. Já no terceiro, coloquei as meninas do banco, que entraram um tanto frias no jogo, e só por isso elas demoraram um pouco para se acertar", avaliou o técnico Mauro Grosso.

Diante de sua torcida, o Sport/Banco BMG superou o Pauta/São José por 3 a 0, com parciais de 25/19, 25/18 e 32/30. A equipe da casa chegou aos 21 pontos, na parte inferior da tabela. Em Uberlândia, o Praia Clube/Banana Boat derrotou o Vôlei Futuro por 3 sets a 2, com parciais de 28/30, 25/18, 25/20, 22/25 e 15/7.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.