Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Oscar e Luciano vencem etapa turca do Circuito Mundial de Vôlei de Praia

Brasileiros derrotam os dinamarqueses Kristoffer Abell e Daniel Thomsen em dois sets, em 44 minutos de jogo

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 15h30

O Brasil subiu no lugar mais alto do pódio na etapa de Manavgat do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Oscar e Luciano venceram a final neste sábado e conquistaram o título da competição de uma estrela, ou seja, de menor peso no cenário da modalidade.

+ Pedro Solberg e Bruno Schmidt avançam em etapa checa do Circuito Mundial

Na decisão, Oscar e Luciano derrotaram os dinamarqueses Kristoffer Abell e Daniel Thomsen com certa facilidade, por 2 sets a 0, com parciais de 21/14 e 23/21. Os brasileiros precisaram de apenas 44 minutos para levar a melhor e somar 200 pontos no ranking geral, além de arrecadar cerca de R$ 3,7 mil.

"Foi um torneio muito legal, combinamos de jogar quase por acaso. Eu já estava na Espanha para a disputa de torneios, e ele viria para a Itália. Foi algo de momento, mas que acabou dando muito certo. A energia foi muito boa, uma química rápida entre nós. Ao longo da competição, pudemos ir ajustando detalhes, melhorando. Apesar de ser um torneio de uma estrela, o nível estava alto, com bons times europeus", declarou Oscar.

Este foi o oitavo título de uma dupla brasileira na temporada 2018 do Circuito Mundial, sendo 17 medalhas no total para o País. Luciano já havia sido campeão na etapa de Miguel Pereira, no Rio. Já Oscar somou apenas seu segundo troféu na carreira.

"A final foi um jogão, vencemos bem o primeiro set, no segundo estávamos perdendo por 12 a 16, mas conseguindo recuperar a partida. Foi um jogo eletrizante. E fechamos também para a etapa de Marrocos, no final de julho, buscando novamente representar bem o Brasil. Estamos muito felizes por tudo ter se encaixado tão bem", comemorou ele.

 

 

Mais conteúdo sobre:
vôlei de praia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.