Para Bernardinho, Brasil venceu após corrigir erros

O treinador da seleção brasileira masculina de vôlei, Bernardinho, considerou "importante" a vitória sobre os Estados Unidos por 3 seta a 0, na segunda fase do Campeonato Mundial, principalmente porque o time não cometeu erros."Na quadra, nós vemos as conseqüências do trabalho diário. Essa é minha missão, tentar tirar a pressão de cima dos jogadores e garantir que eles se mantenham unidos, somando suas virtudes para o bem da equipe. Jogamos bem, mas sempre dentro de um sistema", explicou."Temos jogadores de muita qualidade, que a qualquer momento podem resolver soltando a sua potência e capacidade de jogo. Mas precisam se manter dentro dos padrões", acrescentou o técnico brasileiro.O jogo contra os norte-americanos, na sua opinião, era um teste para o Brasil, que não podia perder a concentração. "Muitas vezes é preciso ser frio. Conseguimos isso hoje e ganhamos em três sets, evitando esforços extras. A partir de agora, isso pode fazer a diferença", observou.O comandante também fez questão de elogiar todos os atletas que estiveram em quadra. ?O Giba (destaque do jogo com 23 pontos) fez algumas jogadas maravilhosas. É bonito vê-lo jogar. Mas nosso mérito foi que o time todo jogou como uma equipe de verdade. Lutamos por cada bola, sem deixar que os americanos notassem uma expressão de dúvida ou de relaxamento nos rostos dos nossos jogadores. Se formos consistentes assim nas próximas partidas temos boas chances de avançar às semifinais?, finalizou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.