Brasil ganha 11º Sul-Americano de Vôlei Feminino consecutivo

Brasil ganha 11º Sul-Americano de Vôlei Feminino consecutivo

Foi a 19ª conquista da seleção comandada por José Roberto

Estadão Conteúdo

03 de outubro de 2015 | 23h25

Sem qualquer problema em quadra, a seleção brasileira feminina de vôlei conquistou neste sábado mais um título do Campeonato Sul-Americano para sua galeria. Em Cartagena, na Colômbia, as comandadas do técnico José Roberto Guimarães derrotaram na final o Peru por 3 sets a 0 - com parciais de 25/17, 25/21 e 25/13 -, coroando uma campanha perfeita.

Em cinco partidas no total, o Brasil ganhou todos sem ter perdido um set sequer. Na fase de grupos, as vitórias foram contra Argentina, Chile e Uruguai. Na sequência, na semifinal, triunfo contra a Colômbia e por fim os 3 a 0 sobre o Peru na decisão.

A conquista do Sul-Americano é a 11.ª de forma consecutiva, um feito histórico - estes títulos vieram entre as edições de 1995 e 2015. No total são 19 taças em 30 finais disputadas até agora. Os outros 8 títulos foram ganhos em 1951, 1956, 1958, 1961, 1962, 1969, 1981 e 1991.

Na final deste sábado, o Brasil entrou em ritmo forte e, com Natalia Zilio inspirada no ataque e Gabi Guimarães sacando bem, venceu o primeiro set com relativa tranquilidade. A segunda parcial começou mais equilibrada e as peruanas chegaram a tomar a frente no placar por 8 a 7, mas o time canarinho reagiu e, com pontos importantes de Dani Lins na reta final, fechou o segundo set em 25 a 21.

A terceira parcial teve início semelhante ao da primeira, com domínio verde-amarelo, principalmente através da eficácia de Juciely no bloqueio. O Brasil manteve a seriedade e construiu boa vantagem no placar, que levou até o final para conquistar o título com 25 a 13.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiSul-AmericanoBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.