Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Pré-Olímpico Masculino de Vôlei: onde assistir, com quem o Brasil joga e mais informações

Após ao time feminino conquistar a vaga para as Olimpíadas, agora é vez dos homens também tentarem garantir a classificação

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

05 de agosto de 2019 | 13h14

Depois da seleção brasileira feminina de vôlei garantir sua classificação para as Olimpíadas de Tóquio, agora é a vez do time masculino tentar fazer o mesmo. O Pré-Olímpico Masculino começa nesta sexta-feira e vai até domingo. 

O Estado apresenta um guia com as informações do torneio e o caminho da equipe comandada por Renan Dal Zotto para garantir sua participação em mais um Jogos Olímpicos. 

QUANDO ACONTECE O PRÉ-OLÍMPICO?

A competição inicia nesta sexta-feira e vai até domingo. Serão apenas três jogos para cada seleção. 

ONDE ASSISTIR AO PRÉ-OLÍMPICO?

O torneio será transmitido pela SporTV 2 e TV Globo (para todo o Brasil).

QUAIS SÃO OS GRUPOS?

GRUPO A: Brasil, Bulgária, Porto Rico e Egito

GRUPO B: Holanda, Bélgica, EUA e Coreia do Sul

GRUPO C: Sérvia, Itália, Austrália e Camarões

GRUPO D: França, Polônia, Tunísia e Eslovênia

GRUPO E: Rússia, Cuba, Irã e México

GRUPO F: China, Canadá, Argentina e Finlândia

QUANDO O BRASIL JOGA?

A estreia do Brasil será nesta sexta-feira, quando enfrenta Porto Rico, às 11h (horário de Brasília). No sábado, o desafio é contra o Egito, no mesmo horário e no domingo o confronto é contra a Bulgária, às 14h30. 

QUEM FOI CONVOCADO NO BRASIL?

A seleção brasileira que vai disputar o pré-olímpico é formada por: levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Alan e Wallace; os centrais Lucão, Isac, Maurício Souza e Flávio; os ponteiros Leal, Lucarelli, Maurício Borges e Douglas; e os líberos Thales e Maique.

QUAL O REGULAMENTO?

São seis grupos com quatro seleções cada, que se enfrentarão em jogo único. O primeiro colocado de cada grupo está garantido na próxima Olimpíada. 

SE O BRASIL NÃO SE CLASSIFICAR, ESTÁ FORA DA OLIMPÍADA?

Não. Os Jogos de Tóquio serão disputados por 12 seleções. O Japão, anfitrião, é o único já classificado. Os seis primeiros colocados de cada grupo também se classificam e as cinco vagas restantes serão definidas através de competições continentais. Se o Brasil ganhar a Eliminatória Sul-Americana estará classificado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.