Divulgação/CBV
Divulgação/CBV

'Precisamos melhorar várias coisas', diz Renan após vitória da seleção de vôlei

Equipe masculina derrotou o Japão por 3 sets a 0 neste sábado pela Liga das Nações

Estadão Conteúdo

02 Junho 2018 | 15h30

Técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto comemorou a vitória por 3 sets a 0 (26/24, 25/19 e 25/20) sobre o Japão, neste sábado, em Goiânia, pela Liga das Nações, mas observou que a equipe tem de evoluir em alguns pontos.

Brasil leva susto, mas supera Japão e apagão para vencer na Liga das Nações

"Ótimo resultado, um 3 a 0 importante, já que o Japão vem tirando pontos de muitas seleções neste início de campeonato. Eles mexeram bem o time de ontem para hoje e até ajustarmos as marcações demorou um pouco, mas depois fomos bem. Olhando para frente, precisamos melhorar várias coisas, mas como resultado foi muito bom", disse o comandante.

O levantador e capitão Bruninho concordou com o técnico sobre a necessidade de evolução do time para a sequência da competição. "Estou satisfeito pelo resultado. Vencer é sempre importante, mas temos muito a melhorar. O primeiro set foi bastante nervoso. Não podíamos ter deixado o set chegar ao 24/24 porque poderia ser perigoso. Erramos muitos saques e depois jogamos bastante focados. Importante o time estar com a postura correta e sabendo que temos que continuar crescendo."

Bruninho destacou ainda as mudanças feitas por Renan para a partida deste sábado, em relação ao time que bateu a Coreia do Sul na sexta-feira, também por 3 sets a 0. "Temos que estar sempre pronto para fazer um grande jogo, quem quer que esteja dentro de quadra", comentou o jogador.

O oposto Wallace, maior pontuador da partida com 15 acertos (dez de ataque, dois de bloqueio e três de saque), ressaltou o desempenho do grupo. "O nosso time não depende só de um jogador. Tudo que acontece, todos os resultados, as vitórias, tudo isso é fruto de muito trabalho. Todos aqui nesse grupo se doam ao máximo e por isso temos conquistado tanta coisa boa."

Com o triunfo diante do Japão, o Brasil chega a 13 pontos, na briga pelas primeiras posições da Liga das Nações. O próximo desafio será já neste domingo, às 12h40, contra os Estados Unidos, ainda na Goiânia Arena, no último jogo em casa desta segunda semana da competição.

Mais conteúdo sobre:
vôlei Renan Dal Zotto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.