Filipe Araujo/AE - 14/02/2006
Filipe Araujo/AE - 14/02/2006

Presidente da CBV anuncia candidatura para FIVB

Ary Graça lança candidatura com apoio de quatro das cinco confederações continentais

AE, Agência Estado

20 de dezembro de 2011 | 13h58

SÃO PAULO - O presidente da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Ary Graça, anunciou oficialmente nesta terça-feira a sua candidatura à presidência da Federação Internacional de Vôlei (FIVB). Com o apoio de quatro das cinco confederações continentais - a exceção é a Europa -, ele espera ganhar a eleição marcada para setembro do ano que vem, em Anaheim, nos Estados Unidos.

Presidente da CBV desde 1997, Ary Graça também é o presidente da Confederação Sul-Americana de Vôlei desde 2003 e ainda tem o cargo de vice-presidente da FIVB. Agora, esse dirigente brasileiro de 68 anos, que foi jogador de vôlei nas décadas de 60 e 70, busca o cargo mais alto da modalidade - a presidência da entidade é ocupada atualmente pelo chinês Jizhong Wei.

Para viabilizar a sua candidatura, Ary Graça conseguiu a adesão formal das confederações da Ásia, da África e da América do Norte/América Central, além da América do Sul, que é presidida por ele próprio. Assim, o brasileiro passaria a contar com o apoio de 166 das 220 federações nacionais que compõem a FIVB e que irão definir o novo presidente da entidade em setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiAry Graça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.