Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Renan celebra boa atuação em vitória e rodagem do elenco da seleção de vôlei

Técnico do Brasil comemora vitória sobre a Polônia por 3 sets a 1

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 14h34

A seleção brasileira masculina de vôlei somou sua segunda vitória na quinta semana de competição da Liga das Nações neste sábado, ao superar os atuais campeões mundiais da Polônia. Em Melbourne, na Austrália, os comandados de Renan Dal Zotto levaram a melhor por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 25/23, 23/25 e 25/23.

+ Garantida na fase final, seleção masculina bate a Polônia na Liga das Nações

O técnico brasileiro, aliás, celebrou bastante o resultado e a exibição, mas também o fato de ter rodado bastante o elenco na partida. "Tivemos a oportunidade de colocar mais atletas em quadra e, mesmo nos momentos de dificuldade, quem veio do banco soube ter tranquilidade e paciência para jogar a partida e maturidade para fechar os sets", declarou.

O Brasil já havia passado pelos donos da casa da Austrália, na última sexta-feira. A seleção já garantiu vaga na fase final do torneio, o que permitiu que Renan desse oportunidades a diversos jogadores que vinham atuando menos. O central Éder foi titular e terminou como segundo maior pontuador da equipe, com 13 pontos.

"Foi um bom jogo. A Polônia é um adversário muito qualificado. Eles mudaram o time em relação a equipe que tínhamos estudado, mas nos adaptamos rapidamente. Sofremos um pouco porque eles são um time que não enfrenta o bloqueio. Mesmo assim, conseguimos tocar em bastante bola e isso ajudou nossa defesa. Fizemos um bom jogo na recepção. A equipe está de parabéns pela vitória e a classificação", considerou o atleta.

O Brasil ocupa o quarto lugar da Liga das Nações, com 30 pontos, e já está garantido na fase final na França. A seleção volta à quadra ao meio-dia de domingo no horário local, ainda noite de sábado no Brasil, diante da Argentina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.