Renan chama 12 jogadores para treinos com a seleção brasileira de vôlei

Somente três atuam fora do Brasil: Thiaguinho, João Rafael e Rafael Araújo

Estadao Conteudo

10 Abril 2017 | 19h14

Novo técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto anunciou nesta segunda-feira os nomes de 12 convocados para um período de treinos a partir do próximo dia 23, no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema, no Rio. Trata-se da primeira lista do treinador no cargo, após substituir Bernardinho.

Foram chamados apenas atletas que já foram eliminados da Superliga ou que não tenham compromissos importantes com seus times do exterior. Por isso, os jogadores que integram a lista não vinham participando da seleção sob o comando de Bernardinho, que deixou o cargo após a conquista do ouro olímpico no ano passado, no Rio.

Dos 12 chamados, somente três atuam fora do Brasil: o levantador Thiaguinho e o ponteiro João Rafael, ambos do Exprivia Molfetta (Itália), e o oposto Rafael Araújo, do MKS Bedzin (Polônia). Entre os times brasileiros, Montes Claros, Lebes Gedore Canoas, Sesc-RJ, Minas Tênis Clube, São Bernardo, Juiz de Fora e Copel Telecom Maringá cederão atletas.

Este será o primeiro contato de Renan com os jogadores como técnico da seleção. O primeiro compromisso do Brasil nesta temporada será a Liga Mundial, que começa no dia 2 de junho contra a Polônia, em Pesaro, na Itália. A convocação para este compromisso só acontecerá após o fim da Superliga.

Confira os convocados por Renan Dal Zotto:

Levantadores: Murilo Radke (Montes Claros Vôlei) e Thiaguinho (Exprivia Molfetta- ITA).

Centrais: Flávio Gualberto (Minas Tênis Clube), Wennder Lopes (São Bernardo Vôlei) e Thiago Barth (SESC-RJ).

Ponteiros: João Rafael (Exprivia Molfetta-ITA) e Alisson Melo (Lebes Gedore Canoas).

Opostos: Rafael Araújo (MKS Bedzin-POL), Renan Buiatti (Juiz de Fora) e Luan Weber (Montes Claros Vôlei).

Líberos: Thales Hoss (Lebes Gedore Canoas) e Felipe Lourenço (Copel Telecom Maringá).

Mais conteúdo sobre:
VôleivôleiRenan Dal Zotto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.