Abelardo Mendes Jr./rededoesporte.gov.br
Abelardo Mendes Jr./rededoesporte.gov.br

Renan Dal Zotto se torna técnico exclusivo da seleção brasileira de vôlei

Técnico divulgou a sua saída do EMS Taubaté Funvic (SP) e poderá se dedicar integralmente ao projeto olímpico

Redação, Estadao Conteudo

22 de maio de 2020 | 19h58

O técnico Renan Dal Zotto vai ser exclusivo da seleção brasileira masculina de vôlei na temporada 2020/2021. O anúncio foi feito, nesta sexta-feira, quando o treinador também divulgou que deixa a função de treinador do EMS Taubaté Funvic (SP).

A decisão foi motivada pelo momento conturbado provocado pela pandemia do novo coronavírus, que causou o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio e o cancelamento da Liga das Nações.

Com isso, Renan poderá se dedicar integralmente ao projeto olímpico, acompanhar o dia a dia dos atletas, analisar possíveis convocados e realizar encontros com membros da comissão técnica.

Renan, de 59 anos, comandou a equipe do Taubaté por uma temporada e meia, e se sagrou campeão da Superliga 2018/2019 e da Supercopa 2019. Na seleção desde 2017, o técnico conquistou o título da Copa do Mundo depois de 11 vitórias em 11 jogos, além do Campeonato Sul-Americano e do Pré-Olímpico, garantindo vaga em Tóquio, além de ter sido eleito pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) o melhor treinador de esportes coletivos do ano. Todos os feitos foram no ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.