Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Renan lamenta derrota para Argentina no vôlei: 'O erro custa caro'

Seleção brasileira perde em Córdoba por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 21/25, 22/25 e 19/25

Estadao Conteudo

18 de junho de 2017 | 10h38

O técnico Renan Dal Zotto reconheceu que o excesso de erros da seleção brasileira masculina de vôlei custaram a vitória contra a Argentina, na noite deste sábado, pela Liga Mundial. Jogando em casa, em Córdoba, os anfitriões venceram por 3 sets a 1, com parciais de 25/19, 21/25, 22/25 e 19/25.

"Sabíamos que seria uma partida bastante equilibrada e difícil. Jogar contra a Argentina é sempre um clássico internacional. Jogamos um primeiro set muito bom, depois pecamos em excesso de erros e o erro custa caro. Eles fizeram um jogo brilhante, jogaram muito bem, mas isso também não justifica a nossa condição de ter errado mais do que o normal", ponderou.

Ciente das dificuldades da seleção, Renan já mira ajustes para o próximo jogo, contra a Sérvia, às 16h10 deste domingo, novamente em solo argentino. "Temos que corrigir os erros rapidamente, mas, independentemente de qualquer coisa, a Argentina merece parabéns pelo grande jogo", afirmou.

A derrota, porém, trouxe poucas consequências para a situação do Brasil na competição. Por ser sede da fase final da Liga Mundial, a seleção já está garantida na disputa decisiva, que será realizada na Arena da Baixada, em Curitiba. Renan aproveita esta fase inicial da Liga para fazer testes e ganhar entrosamento na equipe que assumiu neste ano, no lugar de Bernardinho.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiseleção brasileiraArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.