Resultado na Copa América não importa, diz Bernardinho

Técnico começa a montar nova base da seleção brasileira após a conquista da prata em Pequim 2008

AE, Agencia Estado

22 de setembro de 2008 | 16h06

Depois de conquistar a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Pequim, a seleção masculina de vôlei volta a jogar nesta quarta-feira, quando estréia na Copa América, contra o México, em Cuiabá. Com um grupo reformulado, o técnico Bernardinho diz que não está preocupado com o resultado do Brasil no torneio. "A prioridade será testar estes jovens jogadores, já pensando em mais um ciclo olímpico. O resultado é importante, mas, neste momento, o pensamento é mais à frente. Todos que estão aqui se encaixam neste perfil", afirmou, mostrando mais preocupação com a renovação da equipe para o próximo ciclo olímpico. No entanto, Bernardinho acredita que jovens como Daniel, Leandrão e Leandro Vissoto vão conseguir manter o Brasil nas primeiras colocações. "A molecada que está aqui não é completamente verde. Todos já passaram pelas seleções de base e de Novos. Já disputaram competições internacionais e não sentirão a pressão. Tenho certeza que eles irão muito bem". A seleção brasileira masculina de vôlei realizou nesta segunda-feira seu último treinamento no Rio antes da estréia na Copa América. Ainda nesta segunda, a equipe vai para Cuiabá, onde será realizada a competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.