Rexona ganha e fica a 1 vitória do título da Superliga

O Rexona-Ades derrotou o Finasa/Osasco por 3 sets a 1 (25/23, 24/26, 25/20 e 25/19), neste sábado, no Ginásio Caio Martins, em Niterói (RJ), e ficou a uma vitória do título da Superliga Feminina de Vôlei. Agora, a equipe do Rio vence a série melhor-de-cinco jogos por 2 a 1 e pode ser campeã já na quarta-feira, em Barueri (SP).Na vitória deste sábado, o Rexona foi comandado por Hélio Griner. Ele é assistente do técnico Bernardinho, que acompanhou o jogo no banco de reservas, sentado na cadeira de rodas - precisou ser operado na semana passada porque sofreu ruptura do tendão de Aquiles direito no último jogo da final.Mesmo assim, o Rexona fez valer a vantagem de jogar em casa e ficou perto de conquistar seu terceiro título da Superliga - foi bicampeão nos campeonatos de 97/98 e 99/00. Já o Finasa/Osasco, que é atual tricampeão do torneio, tenta ganhar pela 4ª vez seguida.O jogo em Niterói foi o mais fácil até agora na final da Superliga. Nas duas primeiras partidas do confronto, a vitória veio só no tie-break, ambas por 3 sets a 2. Primeiro, o Rexona ganhou em Osasco. E depois, o time paulista deu o troco no Rio.

Agencia Estado,

22 de abril de 2006 | 16h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.