Rio de Janeiro bate o Praia Clube e fatura Copa Brasil de Vôlei

O Rio de Janeiro adicionou mais um troféu à sua vitoriosa galeria na noite do último sábado. Em Campinas, diante de um ginásio Taquaral lotado, a equipe não encontrou maiores dificuldades para derrotar o Praia Clube por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/23 e 25/18, e faturar a Copa Brasil de Vôlei.

Estadão Conteúdo

31 de janeiro de 2016 | 09h21

Foi o primeiro título do Rio nesta competição. Nas duas edições anteriores, a equipe havia sido eliminada nas semifinais. A conquista foi bastante comemorada por Thompson, Monique, Natália, Gabi, Carol e Juciely, titulares no sábado, além de experiente líbero Fabi.

"Todas as jogadoras pediram para essa competição acontecer e estou feliz pela conquista do título. Nosso grupo se superou. A semifinal foi um jogo muito físico e conseguimos nos recuperar para a decisão. O Praia Clube está fazendo uma grande Superliga e foi um adversário difícil nessa final. Temos que curtir esse momento, mas sabemos que ainda vem muita pedreira pela frente na temporada", declarou ela.

A ponteira Natália também destacou a atitude da equipe na final. "Foi muito bacana vencer uma final novamente. Todos estão de parabéns e o grupo conseguiu se superar, pois estávamos cansadas depois do jogo de ontem (sexta). Ainda cometemos alguns erros como no segundo set, mas estamos evoluindo e agora é focar na Superliga."

Do lado derrotado, o técnico Ricardo Picinin lamentou a inexperiência de suas comandadas em decisões. "Fizemos a final com um time que decidiu as últimas 11 Superligas. Elas estão acostumadas a disputar finais. No momento decisivo do jogo, elas erraram muito pouco, enquanto nós erramos mais do que o normal. No entanto, a equipe está de parabéns porque lutou toda a partida."

Tudo o que sabemos sobre:
Vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.