Sada Cruzeiro bate time russo e é bicampeão do Mundial de Clubes

Sada Cruzeiro bate time russo e é bicampeão do Mundial de Clubes

Equipe bateu o Zenit Kazan por 3 sets a 0 na final em Betim (MG)

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2015 | 18h13

Em um ano que o time de futebol não tem dado muitas alegrias, o de vôlei é motivo de orgulho para os torcedores. Neste sábado, o Sada Cruzeiro conquistou pela segunda vez em sua história o título do Mundial de Clubes Masculino ao derrotar o Zenit Kazan, da Rússia, por 3 sets a 0 - com parciais de 25/20, 21/25, 27/25 e 25/21 -, na decisão realizada no ginásio Divino Braga, em Betim (MG).

O duelo deste sábado foi uma espécie de revanche para o Cruzeiro, que na primeira fase viu os russos levaram a melhor por 3 sets a 1 e terminarem em primeiro lugar do grupo, com grande atuação do cubano Leon, que era o maior pontuador do torneio até a decisão.

No entanto, na final, quem decidiu foi o cubano do lado celeste. Yoandy Leal Hidalgo, mas conhecido apenas como Leal, foi fundamental na conquista cruzeirense, se consagrando como maior pontuador da partida, com 22 pontos. Na campanha até o título, o Cruzeiro venceu na primeira fase o Capitanes de Arecibo, de Porto Rico, perdeu para os russo e na semifinal bateu o Paykan Tehran, do Irã.

Em 11 edições do torneio, esta foi apenas a segunda vez que uma equipe do Brasil levou a taça - o Cruzeiro ganhou em 2013, também em Betim, com vitória na decisão contra o Lokomotiv Novosibirsk, também da Rússia. O maior vencedor da competição é o Trentino, da Itália, com quatro títulos.

"É uma alegria incrível, um momento mágico ganhar dois Mundiais. Este time merece, batalhamos muito para chegar até aqui", afirmou o levantador William, ainda em quadra, em entrevista ao canal de TV a cabo ESPN.

O presidente Gilvan de Pinho Tavares fez questão de parabenizar os atletas pela conquista. "Quero parabenizar os heróis da equipe Sada Cruzeiro que conquistaram hoje (sábado), com muita bravura e competência, o segundo título mundial de Vôlei para o nosso Clube. Mais uma vez vocês escreveram uma página emocionante em nossa história", disse, em depoimento site oficial do clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.