Divulgação
Divulgação

Sada Cruzeiro contrata gigante de 2,17m para o Mundial de Vôlei

Renan Buiatti vai disputar apenas o torneio em Betim

Estadão Conteúdo

06 Outubro 2016 | 14h53

Faltando duas semanas para o início do Mundial de Clubes de Vôlei, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, o Sada Cruzeiro, dono da casa, acertou um reforço de peso para a competição. O oposto Renan Buiatti, de 2,17m, do JF Vôlei, de Juiz de Fora (MG) vai se juntar ao elenco celeste especificamente para o Mundial.

Renan foi adversário do Cruzeiro na semifinal do Campeonato Mineiro, terça-feira, e na quarta já estava treinando com o time do técnico Marcelo Mendez. A contratação dele foi necessária porque Alan, reserva imediato do titular Evandro, ainda é dúvida para o Mundial por conta de uma contusão na coxa direita.

"É uma oportunidade muito boa. Realmente eu não estava esperando. O Marcelo Mendez me ligou, perguntou se eu tinha interesse em vir jogar o Mundial com o Sada Cruzeiro e é claro que eu disse sim. Vai ser um campeonato muito forte, com grandes times. Para mim é uma felicidade muito grande, agora, integrar esse grupo. Espero que a gente consiga fazer um bom campeonato e, é claro, conquistar esse título", afirma o atacante, um dos mais altos do mundo.

Renan se destacou no Mundial Juvenil de 2009, ajudando o Brasil a ganhar o título. Ele ainda disputou a Liga Mundial de 2015, quando estava no Ravenna, da Itália. No Brasil, jogou também no São Bernardo e no Sesi.

O Mundial começa no próximo dia 18, quando o Cruzeiro joga contra o Taichung Bank, de Taiwan. A competição ainda conta com o Minas Tênis Clube, o UPCN, o Bolívar (ambos da Argentina), o Tala'ea El-Geish (Egito), e os favoritos Trentino Volley (Itália) e Zenit Kazan (Rússia). Antes, na sexta, Cruzeiro e Minas decidem o título mineiro.

Mais conteúdo sobre:
Vôlei Cruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.