Sada Cruzeiro vence UPCN e conquista bicampeonato sul-americano

Times finalistas estão garantidos no Mundial de Clubes, que será disputado em Betim (MG), em maio

O Estado de S. Paulo

23 de fevereiro de 2014 | 22h45

BELO HORIZONTE - O Sada Cruzeiro conseguiu reverter um início desfavorável e, de virada, derrotou o argentino UPCN por 3 sets a 2 (23/25, 23/25, 25/20, 25/19 e 18/16) para conquistar o bicampeonato sul-americano, em Belo Horizonte. As duas equipes estão classificadas para o Mundial, que será realizado em Betim, em maio – o Cruzeiro é o atual campeão. O Vivo/Minas ficou na terceira posição, após vencer o Boca Juniors por 3 sets a 0 (25/17, 25/23 e 25/16).

 

"A gente ganhou todos os torneios que disputamos nessa temporada. Já são 11 títulos em 14 finais", comemorou o ponta Filipe. "Soubemos reverter o placar de 2 sets a 0 contra uma equipe que joga muito bem. A gente brincou, o time parecia uma fênix, ressurgimos das cinzas. Agora é comemorar." 

 

O oposto Théo, longe de ficar chateado com a derrota, exaltou a atuação de sua equipe. "A gente jogou bem, mas do outro lado tinha um adversário de grande nível. Tínhamos vantagem no terceiro set, mas eles resolveram no saque, não erraram mais, e isso dificultou muito. Mas a gente não pode ficar triste, não vencemos mas fizemos uma partida brilhante. E contra o Cruzeiro é difícil, é um dos maiores times do mundo."

 

Os times brasileiros voltam a jogar na quarta-feira, pela última rodada da fase de classificação da Superliga. O Sada Cruzeiro, líder do torneio nacional, vai ao Rio para enfrentar o RJ Vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.