Divulgação
Divulgação

São Bernardo aposta em Marlon para ir à final da Superliga

Equipe do ABC paulista confia no trabalho do experiente levantador para superar o Cimed/Brasil Telecom

Redação,

30 de março de 2009 | 22h14

O Santander/São Bernardo (SP) quer desbancar o favoritismo do Cimed/Brasil Telecom (SC) e chegar à final da Superliga masculina de vôlei. Para atingir este difícil objetivo, a equipe acredita que o experiente levantador Marlon será um dos principais trunfos.

Com 31 anos, o atleta foi repatriado da Itália pelo time no início do torneio e tem se destacado. De acordo com as estatísticas da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), é o quarto melhor levantador.

"A minha boa atuação é mais uma prova do valor do nosso time, pois um levantador precisa dos seus passadores e atacantes para aparecer bem. Não dependemos apenas de nossas ações, e por isso, acho importante esse destaque pessoal, já que acaba sendo um destaque de toda a equipe", disse Marlon.

Apesar de reconhecer o favoritismo do Cimed na semifinal, Marlon acredita na superação do São Bernardo. "A classificação para a semifinal foi um ponto muito positivo a nosso favor. Nos fechamos no momento certo e estamos todos com o mesmo pensamento de fazermos sempre mais", garantiu.

Marlon terá a oportunidade de enfrentar Bruno, medalhista de prata com a seleção brasileira nos Jogos de Pequim e melhor levantador da Superliga até o momento.

"Apesar de jovem, o Bruno é um grande jogador e, para mim, é sempre um prazer enfrentar grandes jogadores, principalmente em partidas importantes", comentou Marlon, que atuou ao lado do levantador do Cimed pela seleção brasileira nos três primeiros jogos na Liga Mundial no ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.