São Caetano aposta em Sheilla nas finais da Superliga

Maior pontuadora da fase classificatória da Superliga feminina de vôlei, a oposta Sheilla, campeã olímpica com a seleção brasileira no ano passado, é a grande aposta do São Caetano/Blausiegel para triunfar nos playoffs decisivos da competição.

AE, Agencia Estado

17 de março de 2009 | 19h31

Apesar de já ter colocado a bola 337 vezes no chão no torneio - cinco a mais do que a segunda colocada Joycinha, do Rexona/Ades -, a jogadora afirma que seus resultados pessoais são consequência do trabalho realizado pelo time.

"Eu devo isso a toda a equipe. Não treino pensando em ser a maior pontuadora ou melhor atacante do campeonato. Treino querendo sempre fazer o meu melhor na hora do jogo e pode ser que a consequência sejam esses números. Mas não é o meu objetivo. Quero sempre ver o meu time ganhando", disse Sheilla.

Agora, na fase decisiva do campeonato, ela espera poder contribuir ainda mais com o São Caetano. "A partir de agora vou procurar fazer ainda mais. Acho que pela confiança que a Fofão tem em mim, por termos jogado quatro anos juntas na seleção, ela deve me procurar bastante nessa próxima fase e estou preparada para ajudar o São Caetano a se classificar para a semifinal. Não só eu, como todo o time. Queremos muito essa classificação", assinalou.

O primeiro jogo da equipe do ABC paulista pelas quartas-de-final da Superliga será no dia 21, às 11 horas, contra o Mackenzie/Cia. Do Terno, em Belo Horizonte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.