Divulgação/FIVB
Divulgação/FIVB

Seleção de vôlei aprova testes em segunda vitória na Liga Mundial

Equipe brasileira supera a Sérvia por 3 sets 1 no Mineirinho

Estadão Conteúdo

31 de maio de 2015 | 14h17

Já classificada para a fase final da Liga Mundial como país sede, a seleção brasileira masculina de vôlei pode aproveitar a fase de grupos da competição para fazer testes. Neste domingo, o técnico Bernardinho fez isso escalando o levantador William Arjona e o central Riad na equipe titular que venceu a Sérvia por 3 sets 1 no Mineirinho, em Belo Horizonte.

Responsável por comandar a equipe na beira da quadra enquanto Bernardinho cumpre suspensão, o auxiliar técnico Rubinho falou sobre o jogo e as mudanças na comparação com a equipe que venceu a Sérvia na sexta, por 3 a 2, também em BH.

"Sabemos que ainda temos pontos importantes para corrigir. O saldo foi positivo, mas precisamos melhorar no bloqueio. Em compensação, evoluímos em relação ao saque. O mais interessante foi ter colocado quase todos os jogadores para jogar. Isso é muito importante para o nosso desenvolvimento nesta temporada e já pensando no ano que vem também", explicou Rubinho.

Por conta do calendário do vôlei italiano, Bruninho se apresentou à seleção depois dos outros jogadores. Por isso, não foi com o time para Belo Horizonte. Na sexta, foi substituído por Rapha. Neste domingo, Bernardinho optou por William Arjona, titular do Cruzeiro no bicampeonato da Superliga.

"No começo da temporada na seleção, o entrosamento ainda não é o melhor, então temos que aproveitar o que temos. Wallace e eu jogamos juntos há muito tempo, explorei bastante ele para aproveitar isso. O mais importante é que somos um time experiente, sabemos jogar, e, hoje, taticamente jogamos muito bem, em especial nos dois primeiros sets", comentou o levantador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.