Seleção de vôlei lamenta derrota em 'espetáculo emocionante'

Anfitrião da fase final da Liga Mundial, o Brasil joga a fase de grupos sem responsabilidades. Busca ritmo de jogo sem se abalar com derrotas com a desta sexta-feira, para a Itália, por 3 sets a 2, no Foro Itálico, em Roma. Pode até deixar a partida feliz pela experiência de fazer um jogo a céu aberto, diante de mais de 11 mil torcedores, minimizando o revés.

Estadão Conteúdo

19 de junho de 2015 | 20h09

"Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", comentou o levantador Bruninho.

O pai dele, Bernardinho, cumpre suspensão imposta pela Federação Internacional de Vôlei. Enquanto isso, o time é treinado, na beira da quadra, pelo auxiliar Rubinho. O interino também minimizou a derrota.

"Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo."

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiLiga Mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.