Divulgação
Divulgação

Seleção feminina de vôlei bate a Turquia e ganha o Mundial Sub-23

Brasil supera anfitriãs do torneio com vitória por 3 sets a 1

O Estado de S. Paulo

19 Agosto 2015 | 16h42

A seleção brasileira feminina de vôlei conquistou nesta quarta-feira o Mundial Sub-23 ao superar a anfitriã Turquia por 3 sets a 1 (25/21, 21/25, 25/19 e 25/21) diante de 7.600 torcedores. A partida foi disputada em Ancara e o Brasil deu o troco nas rivais, que estavam invictas no torneio e haviam superado a seleção na primeira fase. O triunfo veio graças aos 22 pontos de bloqueio e ao show da oposto Rosamaria, que marcou 17 pontos no duelo.

Rosamaria foi eleita a melhor oposto da competição e a levantadora Juma ganhou o prêmio em sua posição e também foi eleita a jogadora mais valiosa da competição. "Estou chocada por ter conquistado essas duas premiações individuais. Foi uma competição muito desafiadora e ainda não acredito que ficamos com a medalha de ouro", explicou Juma.

A seleção do campeonato contou ainda com Brayelin Elizabeth Martinez, da República Dominicana (melhor ponteira), Arisa Inoue, do Japão (segunda melhor ponteira), Akman Kubra, da Turquia (melhor bloqueio), Sara Bonifacio, da Itália (segundo melhor bloqueio) e Gizem, da Turquia (melhor líbero).

Para o técnico Wagão Coppini, a decisão do Mundial foi uma verdadeira batalha. "Nós respeitamos a Turquia, que tem um ótimo técnico e uma excelente equipe. Conseguimos mostrar nosso verdadeiro jogo, ao contrário da primeira partida contra elas, quando perdemos. Estou orgulhoso das minhas jogadoras e do espírito de equipe que mostramos", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.