Seleção feminina de vôlei derrota EUA em amistoso

A seleção brasileira feminina de vôlei sofreu na noite de sábado, mas conseguiu superar os Estados Unidos por 3 sets a 2, com parciais de 19/25, 25/17, 24/26, 25/15 e 15/11, em amistoso disputado na cidade de Maringá (PR). O jogo faz parte da preparação da equipe para o Mundial, que terá início no dia 29 de outubro.

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2010 | 09h25

As duas seleções voltarão a se enfrentar neste domingo, no segundo duelo da série de quatro amistosos, às 21h30. O terceiro confronto acontecerá na terça-feira, em Londrina (PR), às 20 horas. No dia seguinte, brasileiras e americanas farão o último jogo, em Arapongas (PR), às 20h.

Neste sábado, a equipe do Brasil encontrou problemas para se impor diante da torcida paranaense. Começaram atrás no placar e, após empatar o jogo no segundo set, levaram uma inesperada virada na terceira parcial. Assim, precisaram mostrar reação para vencer o quarto set, com facilidade, e fechar a partida na quinta e última parcial.

Apesar das dificuldades encontradas na primeira partida, o técnico José Roberto Guimarães aprovou o teste preparatório para o Mundial. "É importante termos testes deste nível técnico. Foi um jogo excelente para vermos o que ainda precisamos melhorar", comentou o treinador, que ficou insatisfeito com o desempenho nos contra-ataques. "No primeiro e no terceiro set, tivemos várias oportunidades de marcar nos contra-ataques, e desperdiçamos. Temos que ter mais atenção neste aspecto", destacou.

Zé Roberto, no entanto, exaltou o comportamento das brasileiras nos momentos mais importantes do jogo. "Nos momentos mais complicados, o time teve uma excelente postura como grupo. As jogadoras que entraram estiveram bem e ajudaram a equipe a sair de quadra com a vitória", afirmou o técnico, que não contou com força máxima em Maringá.

Ele não pôde contar com a oposto Sheilla, que sofreu uma luxação em um dedo da mão direita durante o treino da manhã. Em seu lugar entrou Joycinha. Zé Roberto teve o desfalque também de Paula Pequeno e Mari, que se recuperam de lesão. O principal destaque do Brasil foi a ponteira Natália, responsável por 23 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiBrasilamistosoEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.