Reprodução Twitter da CBV
Reprodução Twitter da CBV

Seleção feminina faz primeiro treino no Japão para o Mundial de Vôlei

Depois de mais de 30 horas de viagem, o técnico José Roberto Guimarães comandou duas atividades

Estadão Conteúdo

21 de setembro de 2018 | 16h14

A seleção brasileira feminina de vôlei iniciou, nesta sexta-feira, o período de aclimatação para o Campeonato Mundial, em Sagamihara, Japão. Depois de mais de 30 horas de viagem, o time de José Roberto Guimarães realizou treinos em dois períodos. Pela parte da manhã, foi feita uma atividade física na academia e na parte da tarde ocorreu um trabalho com bola no ginásio.

As jogadoras estão concentradas na base de treinamento de Sagamihara. O local também será usado pelo vôlei durante os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. "O primeiro dia foi muito positivo. Tivemos a oportunidade de fazer um bom trabalho físico pela manhã, o que é muito importante para mantermos a sequência de atividades para o Mundial. Fomos surpreendidas positivamente por uma alimentação muito bem adaptada para nós com arroz e feijão, por exemplo. Na parte da tarde também realizamos um bom treino, mesmo com o cuidado que tivemos depois de 30 horas de viagem. Fomos muito bem recebidas pela cidade e estamos nos sentindo em casa. Esperamos fazer uma boa semana de preparação para chegarmos bem no Mundial", afirmou a ponteira Gabi.

O preparador físico José Elias Proença explicou a atividade na academia. "Depois de algumas horas de voo, hoje precisávamos tirar o avião das costas. Trabalhamos com pequenos movimentos visando a consciência corporal para ver se algum ponto do corpo sentiu a viagem. As jogadoras se mostraram muito bem e com isso partimos para um trabalho leve na academia para recuperação do tônus muscular."

Antes do primeiro treino, a seleção participou de uma cerimônia de boas-vindas. Zé Roberto agradeceu a recepção. "Sempre somos muito bem recebidos no Japão. Os japoneses gostam muito de voleibol e nos tratam com muito respeito e carinho."

O Brasil está no Grupo D do Mundial ao lado de Sérvia, República Dominicana, Porto Rico, Casaquistão e Quênia. As equipes se enfrentarão dentro do grupo e as quatro melhores classificadas passarão à segunda fase.

O Mundial será realizado entre os dias 29 de setembro e 20 de outubro. O Brasil lutará por um título inédito, depois da conquista das medalhas de prata nas edições de 1994, 2006 e 2010, além do bronze, em 2014. O Brasil estreia na competição no dia 29, à 1h40 (horário de Brasília) contra Porto Rico.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.